São CamiloVocação
 
 
 
 

Como manter a direção espiritual em tempos de pandemia?

15.10.2020 | 4 minutos de leitura
Vocação
Como manter a direção espiritual em tempos de pandemia?

Desde que a pandemia da Covid-19 surgiu em nossas vidas, o confinamento foi adotado como uma das principais medidas de prevenção do contágio. É um momento difícil para todos, especialmente para quem vive o seu processo de discernimento vocacional, quando o contato e a troca de experiências com outras pessoas são de extrema importância nesta caminhada.

Perceber o chamado de Deus e entender sua missão no mundo: este é o primeiro objetivo dos jovens que fazem um acompanhamento vocacional. A repercussão de muitos problemas que se manifestam nas etapas iniciais da formação religiosa, suscita várias reações. Por isso, manter a direção espiritual mesmo que em tempos de pandemia, buscando meios de contatos e aconselhamentos, é essencial, afinal, não importa o cenário, Deus continua a chamar seus filhos e  filhas para ajudar em Sua obra!

Abaixo listamos alguns meios para ajudar quem precisa manter uma direção espiritual em tempos de isolamento social. Confira!

1- Tempo de escuta de Deus através da sua Palavra

Antes de mais nada, é importante compreender que o tempo do discernimento da vocação requer uma forte dedicação para ouvir a voz de Deus, de se debruçar em sua Palavra e saber que Ele mesmo irá conduzir nossos passos. A nós, cabe a docilidade, ter atenção à sua Palavra e uma escuta amorosa. Ainda nesse período, é importante guardar os sinais que Deus vai revelando ao longo do caminho.

Há quem diga que a Bíblia é um telefone que nos conecta ao Céu. Então, quando quiser conversar com Ele, medite Sua Palavra. Procure viver essa experiência e esteja atento ao que Deus quer te falar através das entrelinhas.

2 - Viver uma vida de oração

“Senhor, que queres que eu faça?” (Atos 22,10).

A oração é a chave para o entendimento e discernimento do chamado de Deus. Quando nos colocamos sob o olhar Dele e permitimos que Ele nos conduza, estamos dizendo que queremos fazer a Sua vontade, na certeza de que os Seus planos serão sempre o melhor para nós.

Se você busca encontrar a sua “vocação” com o Senhor, ore a Ele. Na oração ao Espírito Santo, Ele vai refinar seu  coração para que possa ouvir: “Vem e segue-me” (Lc 18, 22).

3 - Manter o contato com o responsável pelo acompanhamento vocacional

O acompanhamento vocacional/espiritual ajuda a interpretar os sinais e apontar meios para que essa descoberta aconteça. Essa presença aparece como um apoio precioso diante do caminho que, muitas vezes, irá nos ajudar a lançar fora ideais e expectativas irreais. Outras vezes, nos apresentará o alimento necessário para prosseguir no caminho quando o desânimo e o cansaço baterem à porta. 

Faz parte também do acompanhamento pessoal nos ajudar a purificar motivações que, superficialmente, parecem belas e  heroicas , mas que podem esconder vaidade e, não a vontade de Deus. Nesse tempo, o contato com seu responsável vocacional, através das redes sociais, ajuda muito a manter acesa a chama da vocação. 

Você pode conversar e ver qual o melhor meio de intensificar esse contato. Por exemplo: contatos semanais por WhatsApp, ligações, e-mails e conversas/reuniões on-line via aplicativos remotos ou, ainda, participar dos encontros vocacionais e demais eventos com transmissões on-line quando forem realizados.

4 - Por fim, pensar que a pandemia é apenas temporária e seu caminho de discernimento evolui com o tempo

Aqui, ressaltamos que o discernimento vocacional não é algo instantâneo. Como todas as coisas importantes da vida, ele exige um processo que evolui com o tempo. É durante esse caminho que somos capazes de compreender e assimilar as indicações que Deus nos dá. Chamamos de “caminho vocacional” porque requer dedicação na caminhada para se alcançar o destino final, fundamental para verificar a intenção e as nossas motivações.

Use esse período para estar em mais contato com Deus, aberto às Suas manifestações e vontade. Vale lembrar que um caminho vocacional é sempre marcado pelo amor: é Deus que ama e chama, e o homem, por sua vez, se entrega a este amor.

Gostou das nossas orientações? Acesse mais conteúdos relacionados ao tema vocação em nosso blog:



Mais em Vocação
  •  
  •