São CamiloIgreja
 
 
 
 

O que é ser missionário?

10.10.2018 | 5 minutos de leitura
Igreja
O que é ser missionário?

Muitas vezes, o desejo de fazer algo a mais para disseminar a Palavra de Deus surge em nosso coração, mas como saber de que forma atender a esse chamado do Senhor? Afinal, há várias maneiras de servi-lo: sendo atuante na Igreja, em alguma pastoral, por exemplo, se tornando diácono, ministro da Eucaristia, atendendo à vocação sacerdotal, entre tantas outras... Você pode até atuar em mais de um serviço, dependendo de qual escolher. 


A questão é que, na verdade, nós nunca escolhemos, cada um de nós é chamado, nós é que somos escolhidos por Deus. O que cabe a cada um é entender esse chamado, por meio da busca incessante de orientação espiritual, e aceitá-lo, se entregando à vontade de Deus.


Há, ainda, outra forma de servir a Deus, essa lhe permite atender Seus chamados aonde a necessidade falar mais alto e, a cada momento, pode ser que você seja convocado para literalmente uma missão diferente, essa é a vocação de: missionário!



# Mas o que é ser um missionário?


Ser missionário é se abrir a um compromisso de despojamento em prol da obra de Deus. É dividir o tempo com quem mais precisa, seja de uma palavra, de algum auxílio... É realizar ações comunitárias partilhando a Palavra de Deus e demonstrando, por meio dos seus atos, a unção do Espírito Santo.


Os missionários e missionárias têm um papel essencial na vida da Igreja. Alguns são chamados para missões fora do país, mas a maioria tem como primeiro chamado ser missionário na realidade em que se encontra: dentro da própria família, comunidade, trabalho, faculdade; anunciando para jovens, doentes, pessoas necessitadas (financeira e espiritualmente).


Ser missionário é anunciar o Evangelho aonde for, testemunhando sua própria experiência de encontro pessoal com Jesus. 


Sabia que os primeiros missionários cristãos foram os próprios Apóstolos? Então, ser missionário é reproduzir a forma como eles agiam em sua época. Ser um verdadeiro apóstolo de Cristo. 

Quem se deixou atrair pela voz de Deus e começou a seguir Jesus, rapidamente descobre dentro de si mesmo o desejo irreprimível de levar a Boa Nova aos irmãos, através da evangelização e do serviço na caridade. Todos os cristãos são constituídos missionários do Evangelho. Com efeito, o discípulo não recebe o dom do amor de Deus para sua consolação privada; não é chamado a ocupar-se de si mesmo nem a cuidar dos interesses duma empresa; simplesmente é tocado e transformado pela alegria de se sentir amado por Deus e não pode guardar esta experiência apenas para si: ‘a alegria do Evangelho, que enche a vida da comunidade dos discípulos, é uma alegria missionária’”.

Papa Francisco | Dia Mundial de Oração pelas Vocações em 2017

 

# O que preciso para ser missionário?


Em primeiro lugar, é preciso ter recebido os sacramentos básicos que todo católico deve ter. Afinal, para qualquer vocação na Igreja, antes somos chamados à vida, depois a sermos cristãos e, posteriormente, a esta vocação específica. É preciso amar a Deus, amar a Igreja e ter tido um encontro pessoal com Jesus, pois não podemos oferecer aquilo que não temos dentro de nós.


É preciso estar atento à voz de Deus e ao Seu chamado. Muitas vezes, com as tribulações do dia a dia, não conseguimos escutá-la e acabamos não entendendo nossa vocação. Por isso, é necessário se focar sempre na oração, se aproximar de Deus por meio da Eucaristia, fazer a leitura e a meditação da Palavra, além de buscar orientação espiritual junto a um sacerdote. Sobretudo, pedir a unção do Espírito Santo em toda e qualquer decisão de sua vida e a intercessão de Nossa Senhora.


A partir da fé e do fogo que arder em seu coração, você saberá o caminho a seguir, o caminho que Deus planejou para você antes mesmo de você pensar em existir. É preciso crer e entender que os planos Dele são sempre infinitamente maiores que os nossos e que nosso olhar é limitado; e estar aberto à ação silenciosa do Espírito Santo.


O Senhor chama sempre, mas tantas vezes não o ouvimos. Somos distraídos por muitas coisas, por outras vozes mais superficiais e depois temos medo de ouvir a voz do Senhor, porque pensamos que nos possa tirar nossa liberdade

Bento XVI | Dia Mundial de Oração pelas Vocações em 2012



# Por que ser missionário?

O mundo precisa de mais pessoas para promover o diálogo e a paz. No dia a dia, vemos surgirem cada vez mais conflitos, guerras, disputas e divisão. Por isso que a necessidade de missionários que, com coragem, ajudem a semear a Palavra de Deus e o bem se dá de forma cada vez mais intensa. 


A messe é grande, mas os trabalhadores são poucos" - Mt 9, 37

 

Pare e reflita sobre sua vocação. Busque orientação para entendê-la e seguir com plenitude a vontade de Deus. Reze também por todas as vocações e para que cada pessoa encontre a sua missão. A Igreja cresce dia a dia e precisa de pessoas em todas as frentes comprometidas com a construção do Reino de Deus. Participe dessa obra!



Para conhecer mais sobre a missão camiliana, clique aqui


Mais em Igreja
  •  
  •  
  •