São CamiloIgreja
 
 
 
 

Por que Deus permite que passemos pelas tribulações e doenças?

20.04.2019 | 3 minutos de leitura
Igreja
Por que Deus permite que passemos pelas tribulações e doenças?

Muitas pessoas por vezes se revoltam com Deus ao se depararem com doenças e sofrimentos. Se perguntam porque Deus fez isso com elas, permitiu aquele mal. No entanto, há um grande perigo nesse tipo de pensamento, afinal, por mais dolorida que uma situação seja, é preciso confiar na providência e na misericórdia de Deus.

A sabedoria de entender, que muitas vezes Deus permite um mal acontecer para livrar a pessoa de algo pior, que ela nem imagina, ou conseguir compreender o que aquela situação pode nos ensinar, e também àqueles que estão ao nosso redor, isso deve vir com o tempo.

Então, mais do que pedir que Deus nos livre de nossas “cruzes”, é importante clamar a sabedoria do Divino Espírito Santo para ter o olhar de Cristo em cada situação. 

Deus tem o tempo certo para agir e para curar, portanto é necessário manter sempre o olhar na eternidade, no céu e perceber que muitas vezes é pelas doenças e enfermidades que podemos nos santificar. Deus quer sempre nos dar uma nova chance de nos salvar, e em alguns momentos precisamos nos unir em oração e passar pelo deserto da dor e do sofrimento para que isso aconteça. A doença muitas vezes tem o poder de unir famílias, restaurar relacionamentos, mas precisa ser encarada com fé. Do contrário, o fardo se torna cada vez maior.


É necessário, em primeiro lugar saber pedir ajuda nas situações difíceis. 
É primordial saber que não temos o poder de controlar nossas emoções e sermos fortes o tempo inteiro. Dessa forma, nos tornamos mais humanos, irmãos e conseguimos por meio dos familiares, amigos e principalmente comunidade a força em Deus que precisamos para encarar os desafios.

Leia também:



A oração é a grande aliada nos momentos de turbulência, pois nos casos em que não temos o que fazer para amenizar os problemas, é necessário crer que a nossa oração chega aonde não podemos ir. 


A fé faz total diferença em como olhamos para os problemas da vida, sejam eles a doença, desemprego, relacionamento entre diversos outros.

E não é porque somos discípulos de Cristo que estaremos imunes dos problemas, pelo contrário, Jesus disse aos discípulos “Se alguém quer vir após mim, negue-se a si mesmo, e tome cada dia a sua cruz, e siga-me” (Lc 9,23), ou seja, haverá muita perseguição.

As turbulências nos fazem formar um caráter piedoso, ter um olhar misericordioso e é isso que Deus quer de cada um de nós.

Então, buscar os sacramentos que nos fortalecem para enfrentar as adversidades, se apegar na oração diária e, com isso, alimentar nossa fé com o apoio da comunidade e do próprio sacerdote é o caminho para atravessar o deserto, na confiança de que o nosso lugar é o céu e o que fazemos na terra é apenas a caminhada para chegar até lá, e precisamos fazer com que esse trajeto seja o mais santificador possível, para nós e para os que amamos e nos rodeiam.



Mais em Igreja
  •  
  •  
  •