São CamiloVocação
 
 
 
 

A quaresma e o discernimento vocacional: tempo de intensa preparação

10.02.2021 | 5 minutos de leitura
Igreja
A quaresma e o discernimento vocacional: tempo de intensa preparação


A quaresma é um tempo forte de conversão e mudança de vida. Um tempo de revisão, de oração, penitência e caridade, por esse motivo, é também o período ideal para realizar, ou iniciar o discernimento vocacional.

Confira nesse post dicas de como aproveitar o tempo quaresmal para fazer um bom discernimento vocacional.

Assim como o advento, a quaresma é um tempo profundo de oração e intensa preparação. Enquanto o advento prepara para o Natal, a Quaresma nos prepara para a solenidade da Páscoa, a maior festa da Igreja, na qual celebramos a Paixão, morte e ressurreição de Jesus, sua vitória contra a morte e a concretização de seu plano de Salvação.

Por esse motivo, nós cristãos somos chamados a vivenciar a Quaresma de uma maneira muito intensa, com jejum, penitência, caridade e meditação dos mistérios da morte de Cristo, por meio da oração.

Essa intensa preparação para a celebração da Páscoa nos faz adentrar ainda mais na meditação da vida de Jesus, e também na meditação pessoal da vocação, por isso é um tempo favorável para se discernir também o seu chamado.

Uma ideia é aproveitar esse tempo de 40 dias para fazer uma espécie de retiro pessoal vocacional.

Leia sobre o caminho vocacional camiliano aqui:


Entrega

Uma decisão vocacional implica, além de um grande sim a Deus, vários "nãos" a outras coisas, a outras realidades. 

Desse modo, assim como Jesus aceitou sua missão e, na cruz, foi até o fim para que a salvação pudesse ser consumada, quem se decide por uma vocação específica, sendo ela qual for, estará dando um sim a Deus e a uma realidade, e também renunciando a tantas outras possibilidades.

A vocação é, também, uma forma de assumir a cruz e carregá-la até o fim. É claro que quando falamos em cruz, pensamos logo em algo ruim, mas nesse caso nos referimos à cruz como uma missão, uma entrega total a Deus, como foi a entrega de Jesus.

Para meditar bem sobre esse tema na quaresma, leia a passagem de Mateus 10,34-39.

Deserto

A quaresma é um tempo em que somos convidados a irmos ao deserto junto com Jesus, que jejuou durante 40 dias no deserto antes de iniciar sua vida pública. Por esse motivo,  nesse período, é como se a Igreja vivesse um grande retiro espiritual.

Se você está procurando fazer um discernimento vocacional, essa é a oportunidade perfeita. Aproveite esse tempo para meditar sobre a vida de Jesus e sobre os ensinamentos que Ele nos deixou.

O deserto é o lugar em que Deus fala ao nosso coração, assim como foi no deserto que o Senhor chamou Moisés, e também conduziu o povo para a Terra Prometida. Hoje Ele nos leva ao deserto para nos mostrar qual o caminho que devemos seguir.

Não tenha medo de ir ao deserto, de abrir o coração para ouvir o Senhor. Ele está sempre falando ao nosso coração, por muitas maneiras, nas pessoas, nos textos que lemos, nos acontecimentos e, principalmente, por meio de Sua Palavra. 

Oração

Como já foi mencionado, a quaresma é o tempo de nos aproximarmos de Deus por meio da prática dos ensinamentos cristãos da caridade, do jejum e da oração. E é sobre a oração que iremos falar agora.

Procure durante a quaresma, dedicar um período do dia a dia para fazer sua oração pessoal, meditando com as leituras da liturgia diária sobre o chamado ao qual o Senhor te chama.

Uma maneira de se rezar com a palavra de Deus é por meio da leitura orante da bíblia, um método de oração muito conhecido e praticado na Igreja. Para realizá-lo bem é necessário muita dedicação, mas ele produz excelentes frutos em nosso coração.

Primeiramente escolha um lugar adequado para fazer a sua oração. Separe, na sua bíblia, as leituras da liturgia diária, que você pode encontrar aqui: 

Depois disso, peça o Espírito Santo, pode ser por meio da Oração do "Vinde Espírito Santo" ou por meio de uma música ou refrão meditativo. Em seguida leia o texto escolhido, leia mais de uma vez, quantas forem necessárias para compreender bem e entender o que o texto lhe diz. 

Depois de ler você deve meditar sobre o que  Deus diz a você por meio do texto, na sua vida. Em seguida, em oração, a partir do texto, você responde a Deus, se você quiser pode até anotar as suas inspirações. Por último, em silêncio deixe Deus agir em seu coração.

Escolhendo a vocação

Existem muitos caminhos para se escolher, como por exemplo o sacerdócio, o matrimônio ou mesmo o chamado a ser um irmão camiliano. Por isso abra seus ouvidos para escutar a voz de Deus.

Você só precisa estar com o coração e com os ouvidos atentos para ouvir Sua voz e discernir o que Ele quer de você.

Se você quer saber mais sobre a vocação e o carisma camiliano conheça nosso Ebook: 5 dicas para o discernimento vocacional

Este material, pode te ajudar no seu caminho de discernimento vocacional. Aqui reunimos algumas dicas para que você conheça mais sobre esse processo e saiba que tem com quem contar, aliás, você pode e precisa contar com mais pessoas que podem ser luzes na sua vida para te ajudar a discernir a sua vocação, confira aqui!


Mais em Igreja
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •