São CamiloVocação
 
 
 
 

Memória de São Camilo | Novembro: Nada nos une mais a Deus do que a caridade (São Camilo)

14.11.2020 | 2 minutos de leitura
São Camilo
Memória de São Camilo | Novembro: Nada nos une mais a Deus do que a caridade (São Camilo)

Reverendíssimos padres e irmãos muito amados em Cristo

A paz de Cristo!
[...] Com a presente carta, saúdo a todos no Senhor e desejo confirmar-me que dia a dia progridem espiritualmente para agradar sempre mais ao grande Senhor, a quem devemos tanto que embora desprendêssemos cada dia mil vidas para o seu serviço, ainda assim, não lhe pagaríamos a mínima parte do que lhe devemos. Nem por isso devemos deixar de fazer todo o esforço possível para ser-lhe agradáveis, sobretudo, porque se dignou proporcionar-nos uma oportunidade tão excelente para tanto, como é a de servir os seus membros, isto é, os doentes que confiou, de modo particular, aos nossos cuidados. 

Por isso, meus queridos [...], não desanimem neste serviço, tão aceito por Deus, nem pela dureza do trabalho diuturno, nem pelo combate persistente, que o demônio, nosso inimigo, desfecha contra nós, nem tampouco pela aversão que a nossa carne, sempre pronta a evitar a fadiga e a buscar o prazer, sente nisto. 

Procurem sempre e com toda a diligência progredir mais e mais no fervor da caridade para com os doentes, pois, certamente, quem assim fizer receberá de Deus Nosso Senhor tamanho prêmio que achará bem recompensados os esforços e fadigas dispendidos a serviço dos doentes. 
Com isso termino, abençoando-os e pedindo a Deus que os faça progredir sempre mais na virtude. 

Seu servo em Cristo, 

Camilo de Lellis. 

Nápoles, 29 de julho de 1606.

Que assim como Camilo, possamos exercer a caridade e o serviço aos nossos irmãos enfermos como forma de comunhão com Deus, vendo em cada um deles a face do Cristo que sofre, e conscientes de que este trabalho nos une a Ele de forma singular. 

Mais em São Camilo
  •  
  •