São CamiloVocação
 
 
 
 

Conheça a Oração de São Camilo

12.07.2019 | 5 minutos de leitura
São Camilo
Conheça a Oração de São Camilo

São Camilo de Lellis é o intercessor de todos os enfermos e profissionais de saúde. A oração deste grande santo da Igreja Católica traz alívio ao sofrimento dos doentes que, esperam em Deus, a redenção da cura. Ele também oferece estímulo aos profissionais que, misericordiosamente, se dedicam àqueles que necessitam de cuidado físico e espiritual durante suas enfermidades.

A seguir, apresentamos um pouco da história de São Camilo e ensinamos a rezar sua poderosa e abençoada oração. Continue a leitura e confira!

Uma vida de devoção


A oração de São Camilo é baseada na sua própria experiência de dor. Ainda jovem, aos 20 anos, sentiu uma bolha no peito do pé direito. Sem assistência, deixou que se transformasse numa ferida, espalhando-se pela perna inteira. 

Assim como muitos enfermos, São Camilo buscou ajuda médica no Hospital de São Tiago dos Incuráveis, em Roma, na Itália. Lá, ele foi inspirado a ser canal da graça na vida dos doentes, servindo-os diariamente na saúde e também na oração. Durante dez anos, passou por três longos tratamentos nesse mesmo hospital, mas que não tiveram o resultado esperado. Nesse período, ele se aproximou da realidade dos enfermos, decidindo servi-los como uma mãe cuida dos próprios filhos. São Camilo acreditava que uma alma bem cuidada suportaria melhor os sofrimentos do corpo, manifestados pela enfermidade. 

Seu jeito amável de atender o próximo permitiu que se tornasse administrador do hospital, melhorando a estrutura médica e oferecendo roupas limpas e um espaço arejado. Mas, São Camilo não conseguiu mudar o jeito dos funcionários do hospital, que precisavam oferecer um tratamento mais humanizado. Aos poucos, recrutou e formou sua própria equipe, com cinco voluntários que trabalhavam exclusivamente por amor ao próximo. 

A Ordem dos Ministros Enfermos


O serviço de São Camilo não era muito bem visto pelos funcionários do hospital. Assim, ele e seus voluntários passaram a atuar no Hospital do Espírito Santo, também em Roma. Foi lá nesse lugar que ele assumiu, de corpo e alma, o seu chamado vocacional aos 32 anos, quando entendeu que, sendo padre, poderia fazer ainda mais para o próximo. 

Sem nenhum bem em seu nome e dinheiro, São Camilo foi aceito no seminário e teve seus estudos integralmente custeados por benfeitores. O exemplo inspirou outras pessoas que também passaram a se dedicar aos enfermos. Assim, ele fundou a Companhia dos Ministros Enfermos, aprovada em 1586 pelo Papa Sisto 5º, tornando-os a Ordem dos Ministros Enfermos.

Da dor à salvação


A ferida que, para muitos, seria motivo de sofrimento e murmúrio foi a grande salvação de São Camilo, que alcançou a retidão e a santidade. Ele era rebelde e, por muito tempo, viveu no pecado, aproveitando plenamente os prazeres da vida. O vício que tinha em jogos de carta, da mesma forma que lhe trazia, também tirava todo o seu dinheiro. 

Quando São Camilo perdeu absolutamente tudo o que tinha, foi viver nas ruas como um mendigo. E, foi nessa fragilidade de alguém que não tem onde morar nem o que comer, que Deus começou a tocar seu coração. O jovem tentou por muitas vezes seguir o caminho do bem e sempre acabava fraquejando.

Mas, pela dor de uma ferida incurável, São Camilo foi tocado a servir ao próximo e abraçar a sua vocação sacerdotal. Sua beatificação ocorreu em 1742, sendo canonizado quatro anos depois pelo Papa Bento 15. Só durante o pontificado do Papa Leão 13, no século 19, que São Camilo foi declarado patrono dos doentes e dos hospitais do mundo inteiro. Papa Pio 11, já no século 20, estendeu a proteção também aos profissionais que trabalham com assistência médica. 

A oração de São Camilo


Essa oração é um alívio ao sofrimento e um estímulo ao trabalho. Ao final dela, complete com a oferta de um Pai-Nosso e uma Ave-Maria aos enfermeiros e médicos. Eles são orientados por São Camilo no acolhimento e no serviço de amor e misericórdia aos doentes.


Glorioso São Camilo, volvei um olhar de misericórdia sobre os que sofrem e sobre os que os assistem. Concedei aos doentes aceitação cristã, confiança na bondade e no poder de Deus. 

Dai aos que cuidam dos doentes dedicação generosa e cheia de amor. Ajudai-me a entender o mistério do sofrimento, como meio de redenção e caminho para Deus. 

Vossa proteção conforte os doentes e familiares, e os encoraje na vivência do amor. Abençoai os que se dedicam aos enfermos, e que o bom Deus conceda paz e esperança a todos. Amém”.


Oração do enfermo


Para fortalecer aqueles que têm fé, mesmo diante de graves doenças, São Camilo também deixou outra inspiração. Conheça a oração do enfermo:

“Senhor, coloco-me diante de ti em atitude de oração. Sei que me ouves, tu me conheces. Sei que estou em ti e que tua força está em mim. Olha para meu corpo marcado pela enfermidade. Sabes, Senhor, o quanto me custa sofrer. Sei que não te alegras com o sofrimento de teus filhos. 

Dá-me, Senhor, força e coragem para vencer os momentos de desespero e de cansaço. Torna-me paciente e compreensivo. Ofereço minhas preocupações, angústias e sofrimentos, para ser mais digno de ti.

Aceita, Senhor, que eu una meus sofrimentos aos de teu Filho Jesus, que, por amor aos homens, deu sua vida na Cruz. Peço, ainda, Senhor: ajuda os médicos e enfermeiros a terem para com os pacientes a mesma dedicação e amor que São Camilo tinha. Amém”.


São Camilo de Lellis, padroeiro dos enfermos, hospitais e profissionais de saúde, rogai por nós!

Mais em São Camilo
  •  
  •  
  •