São CamiloIgreja
 
 
 
 

Dicas para viver bem a Quaresma

05.03.2020 | 4 minutos de leitura
Igreja
Dicas para viver bem a Quaresma

A Quaresma é tempo de purificação e de preparação, onde cada cristão, por meio das leituras dominicais, da Santa Eucaristia, da confissão, da prática do jejum, da caridade e das orações, se aproxima da presença de Deus. Para a Igreja, é o tempo litúrgico de conversão que marca o nosso preparo para a festa da Páscoa. 

E, assim como São Camilo fez durante toda sua vida, Quaresma também é tempo de caridade e de doação, de olhar o próximo com zelo, com desejo de cuidar e ajudar, buscando enxergar a totalidade do ser humano. 

"Hoje Deus quer de nós obras de caridade. Não seria boa aquela piedade que cortasse os braços da caridade". – São Camilo


Continue a leitura a seguir e veja algumas dicas de como viver bem, com mais vigor e solidariedade, estes quarenta dias do tempo quaresmal!

#1 – Ore durante a Quaresma


Ter uma oração mais intensa durante o período quaresmal é indispensável. Por isso, sempre que sentir no seu coração, reze:

“Pai nosso que estais no Céu, durante esta época de arrependimento, tende misericórdia de nós. Com nossa oração, nosso jejum e nossas boas obras, transformai nosso egoísmo em generosidade. Abre nossos corações à vossa Palavra, 
curai nossas feridas do pecado, ajudai-nos a fazer o bem neste mundo. Que transformemos a escuridão e a dor, em vida e alegria. Concedei-nos estas coisas por Nosso Senhor Jesus Cristo. Amém”.

#2 – Faça jejum 


O jejum é uma prática muito mais interior do que exterior. Não se trata de apenas algo que se deixa de comer, mas tem um propósito: abster-se de coisas que fazem falta para a sua vida. O jejum não é uma dieta, mas uma prática espiritual que visa uma intimidade maior com Deus. É para a nossa conversão e, também, para que amemos mais a Deus e ao próximo. Que tal jejuar não somente de alimentos e, sim, de toda negatividade e maldade do mundo atual? Abstenha-se de fofocas, de palavras negativas, daquilo que nos afasta de Deus e de Sua presença.  

#3 - Seja caridoso


A vivência da caridade ocupa um lugar especial durante a Quaresma. Assim nos lembra São Leão Magno: "Estes dias quaresmais nos convidam de maneira premente ao exercício da caridade; se desejamos chegar à Páscoa santificados em nosso ser, devemos pôr um interesse especialíssimo na aquisição desta virtude, que contém em si às demais e cobre multidão de pecados". Devemos viver a caridade de maneira especial com aquele a quem temos mais perto.

Assim como disse São Camilo: “Nada nos une mais a Deus do que a caridade”. E, de fato, o que precisamos na Quaresma é desta aproximação com Deus. 

Doe roupas, calçados, brinquedos, alimentos e acolha com amor os mais necessitados. Seguindo os ensinamentos de São Camilo, ajude os enfermos nessa época de aflição para que possam se recuperar  física e espiritualmente. 

#4 - Retome e renove as esperanças


A Quaresma é, pela sua natureza, um tempo de esperança. Então, encare esses 40 dias com a esperança de que sempre é capaz de converter-se e de se tornar mais semelhante a Jesus, assim como mais irmão de todas as pessoas. Seja também solidário à natureza, no cuidado com os ecossistemas, lembrando-se sempre da construção do reino de Deus.

É um caminho para Jesus Ressuscitado, um período de penitência, de mortificação, não no sentido de um fim, mas de renovação dirigida a fazer-nos ressurgir com Cristo, a renovar a nossa identidade batismal, isto é, a renascer através do amor de Deus. 


É necessário que tenhamos consciência sobre o tempo quaresmal para que possamos aproveitá-lo da melhor forma possível, buscando a conversão, nos comprometendo com isso.

Neste período, busque, de fato, o que Jesus Cristo nos convida a praticar durante este tempo: faça jejum, se fortaleça nas orações diárias e busque o perdão. Mantenha-se firme na direção da fé e da solidariedade! Que tenhamos uma Quaresma iluminada e mais próxima Dele!

Mais em Igreja
  •  
  •  
  •