São CamiloIgreja
 
 
 
 

Mês da Bíblia: como ser amigo da Palavra de Deus?

04.09.2020 | 6 minutos de leitura
Igreja
Mês da Bíblia: como ser amigo da Palavra de Deus?

Setembro é o mês onde tudo floresce com a primavera, inclusive as Sagradas Escrituras no coração de quem pratica sua leitura. Setembro é o Mês da Bíblia, e também uma notificação de amizade da Palavra de Deus querendo ser sua amiga. Você vai aceitar?

Bíblia: uma amizade para toda vida

Aproximar-se da Palavra de Deus é como cultivar uma amizade. Ela se aprofunda com contato e, quanto mais tempo você convive, compartilha e compreende, mais próximo fica.

Às vezes, na correria do dia a dia, nos vemos afogados em preocupações e esquecemos das coisas importantes da vida, como o alimento espiritual que fomenta a alma e dá forças no levantar de cada manhã. Ficamos perdidos, sozinhos e em busca de algo que possa nos confortar. É nesses momentos que devemos procurar alento na Palavra de Deus. Um bom amigo se faz presente para apoiar, aconchegar e transmitir a sabedoria de que podemos contar com ele a qualquer hora. Assim é a Bíblia: uma amiga fiel para todo momento. 

Se você deseja aumentar a sua intimidade com Deus e com a Palavra d\'Ele, veja algumas dicas que preparamos aqui.

#1 Cultive!

Cultive o amor pela Sagrada Escritura, esse é o mês da primavera, onde os parques ficam mais coloridos e o seu jardim interior precisa ser regado com palavras de fé e amor.  Setembro é um convite especial para ouvir Cristo falar no coração daqueles que creem. É tempo de estar atento não só esse mês, mas em todos os outros, às práticas de leitura dos ensinamentos bíblicos. A Palavra é viva e eficaz, e mostra por meio da Bíblia os valores e a experiência do Deus vivo, que atuou e se manifestou por meio de profetas, milagres e também  de seu filho, Jesus. 

#2 Ore!

Converse com a Bíblia! Lembre dela durante o dia, carregue consigo na mochila, no carro, compartilhe momentos felizes, momentos de tristeza, desabafe e deixe ela fazer parte da sua vida. Entregue-se a essa amizade. A Palavra é sabedoria e consciência, um porto-seguro para descansar e um local de aconchego para todos os momentos. É ela que cuida, protege e cura! 

Reserve um local da sua casa para ser o seu "lugar da oração". Não há necessidade de elaborar algo grandioso, mas para apenas que, toda vez que você chegar ali, sua mente saiba que é hora de se conectar com a Palavra. 

#3 Compartilhe!

Segundo a Bíblia, Deus está onde dois ou três estão reunidos em seu nome (Mateus 18,20). Compartilhar o Evangelho e os ensinamentos da Palavra com outras pessoas é sinônimo de crescimento. Assim, além de você trocar reflexões e aprendizados, a evangelização também se faz presente entre você e outros irmãos. Fale de suas experiências com essa amizade e aproveite. 

#4 Tenha fé!

A move montanhas e também alimenta a alma. Como se tornar amigo de alguém em quem não acreditamos? É necessário, antes de tudo, acreditar na Palavra de Deus. Por isso, tenha fé e acredite. Lembre-se, ela é a sua melhor amiga, é alimento, é luz, é transformação e sustentação.  


São Jerônimo: o tradutor da Bíblia das línguas originais

Um grande intelectual, amante das línguas e dos textos sagrados, São Jerônimo foi o tradutor da Bíblia para o latim. O estudioso passou mais de 30 anos traduzindo a Palavra de Deus em uma gruta no subsolo da Basílica da Natividade, em Belém. 


O escritor, filósofo, gramático, historiador e doutor das Sagradas Escrituras passou sua juventude estudando em Roma, onde sentia-se atraído pela vida dos monges. São Jerônimo também passou anos fazendo penitências e jejuando no deserto, dedicando toda sua devoção a Deus. 

Devido aos seus conhecimentos das línguas originárias dos textos bíblicos, foi convidado pelo Papa Dâmaso I para realizar a tradução da Bíblia para o latim.  Uma das frases mais populares do estudioso mostra sua principal motivação para o feito: "Ignorar as Sagradas Escrituras é ignorar a Cristo".  Uma das maiores angústias de São Jerônimo era ver que muitas pessoas não compreendiam e não tinham acesso à Palavra de Deus por não entendê-la. O maior anseio do historiador era fazer com que as Escrituras Sagradas chegassem até o coração da população e, assim, evangelizar e semear a Palavra do Senhor. 

A tradução feita recebeu o nome de Vulgata e se tornou acessível aos romanos que dominavam o latim. O texto foi oficialmente adotado pela Igreja nos séculos posteriores. Com o amor pelas Sagradas Escrituras e perseverança de São Jerônimo, o mundo teve acesso a um grande manancial de sabedoria. 

O monge e seus auxiliares tiveram dificuldades para encontrar os textos sagrados, mas não desistiram de seus objetivos, pois a Palavra de Deus era sua melhor amiga e símbolo de força para levar ela àqueles que precisarem. São Jerônimo viveu na gruta até falecer no ano 420. A Bíblia, atualmente, é o livro mais vendido do mundo, com 5 bilhões de cópias vendidas e distribuídas. 

Por que setembro é o Mês da Bíblia? 

Em 2020, o mês da Bíblia chega em sua 49ª edição. A data foi definida em 1971, a partir de uma ação bíblica proposta na comemoração de 50 anos da Arquidiocese de Belo Horizonte (MG). Em homenagem a São Jerônimo, o período escolhido para os estudos foi setembro, mês em que se celebra a memória do sacerdote. 

A partir disso, o Serviço de Animação Bíblica das Irmãs Paulinas passou a celebrar, todos os anos seguintes, a celebração do mês dedicado à Bíblia. A Conferência Nacional dos Bispos do Brasil (CNBB) passou a assumir a data comemorativa e instituiu oficialmente a celebração por todo o país. Além do Brasil, outros países da América Latina e da África também dedicam o mês para a celebração das Sagradas Escrituras. 

Desde que foi criado, o Mês da Bíblia possui temáticas anuais como texto-base para trazer como reflexão. O tema deste ano é embasado no livro de Deuteronômio. É um livro rico em reflexões morais e éticas. Como destaque, durante todos os textos, Deuteronômio preocupa-se em promover a justiça, a solidariedade com os pobres, o órfão, a viúva e o estrangeiro.

"Abre tua mão para o teu irmão" Deuteronômio 15,11.

Mais em Igreja
  •  
  •