São CamiloIgreja
 
 
 
 

COMUNICADO OFICIAL CAMILIANOS

19.03.2020 | 4 minutos de leitura
Saúde
COMUNICADO OFICIAL CAMILIANOS

                        Prot. 11/2020

São Paulo, 18 de março de 2020

 

COMUNICADO OFICIAL

 

Aos religiosos, seminaristas e colaboradores das entidades camilianas

           

Viu, sentiu compaixão e cuidou dele” (Lc 10,33-34). Movidos pelo espírito samaritano, somos convidados a viver com fé e esperança este tempo difícil pelo qual passamos.

 Em razão da pandemia COVID-19 que assola o mundo todo, a Província Camiliana Brasileira, por meio do Provincial e seu Conselho, manifesta-se de forma solidária a todos aqueles que enfrentam as mais diversas dificuldades decorrentes dos desdobramentos do contágio que atinge inúmeras pessoas.

Como parte viva da Igreja, nós, Camilianos, vocacionados ao carisma da misericórdia, nos sensibilizamos com as consequências da pandemia que afeta a população mundial, demandando especial assistência aos doentes e necessitados.


            O Vigário Geral da Ordem, Pe. Laurent Zoungrana, em carta aberta, datada de 15 de março de 2020, relembrou a união de esforços verificada em 1599, anos após a Fundação da Ordem Camiliana:


“Esta situação pandêmica traz à nossa memória os primeiros tempos da fundação de nossa Ordem, uma época em que a pestilência era frequente. A título de exemplo recordo da peste eclodida em Piemonte (Savoia) em 1599 durante o Segundo Capítulo Geral de nossa Ordem: neste momento difícil os nossos irmãos camilianos se demonstraram disponíveis ao serviço heroico na assistência aos doentes”.


            Imbuídos do espírito de união que envolve este momento e, cientes de nosso papel na sociedade, consideramos oportuno o estabelecimento de diretrizes específicas, seja para o âmbito da vida religiosa ou das entidades camilianas e seus respectivos departamentos, observando não só as diversas normas editadas diariamente pelo Poder Público, mas principalmente os princípios e o carisma camiliano, os quais devem sempre estar presentes em nossas atividades, especialmente neste momento.


Assim orientamos:

 

Entidades Camilianas

  1.    1.Seguir todas as orientações quer das autoridades Federais, Estaduais, Municipais em especial aquelas que acompanham este comunicado, bem como outras determinações que venham a ser publicadas;
  2.    2.Cada regional deverá encaminhar à sede das entidades camilianas o plano de contingência para atendimento da população.
  3.    3.Suspensão dos eventos do primeiro semestre.

 

Pastoral da Saúde

  1.    4.Sejam suspensas por tempo indeterminado:
    1.        a.As atividades de visita da pastoral da saúde aos hospitais camilianos.
    2.        b.Todos os eventos de formação, congressos, encontros, etc.
  2.    5.Os capelães procurem estar disponíveis para atendimento aos enfermos, dando a eles o conforto religioso, mediante a recepção do sacramento da Unção dos Enfermos e da Penitência. Para tal deve-se atender a todos os critérios de prevenção da contaminação cruzada.
  3.    6.A Sagrada Comunhão seja dada só em uma espécie e preferencialmente na mão, excetuando-se os casos de impossibilidade física.
  4.    7.Todos os cuidados de proteção adotados pelos profissionais de saúde nos contatos com os pacientes devem ser seguidos rigorosamente pelo capelão.

 

Paróquias Camilianas

  1.    8.Nossos párocos e vigários paroquiais devem seguir todas as orientações e recomendações decretadas pelo bispo diocesano no tocante às celebrações, sacramentos, catequese, semana santa, encontros, reuniões, etc.  
  2.    9.Orientamos vivamente que, seguidos todos os critérios de prevenção e cuidado nas casas, seja concedido todo conforto necessário aos doentes.

 

Comunidades religiosas

  1.    10.Na impossibilidade de se celebrar a missa com o povo onde desenvolvemos nosso ministério, orientamos que em nossas comunidades seja celebrada a missa diariamente somente com os membros da comunidade religiosa, nas intenções dos doentes, autoridades e profissionais da saúde. Recomendamos também que se tenha outros momentos de devoção como a adoração ao Santíssimo Sacramento e a oração do Rosário.
  2.    11.Na medida do possível, as comunidades que desejarem transmitir, via redes sociais da Província, a Santa Missa, entrar em contato com a secretaria provincial para a organização.


Em atitude samaritana, dentro do espírito quaresmal, unimo-nos na oração pelas vítimas da pandemia, pelas autoridades, pelos profissionais da saúde e por todos os que estão envolvidos para superarmos esse momento difícil.


Rogamos a proteção e intercessão de Nossa Senhora, Saúde dos Enfermos, e de São Camilo, padroeiro dos doentes, hospitais e profissionais da saúde sobre toda a humanidade.

 

            "Que o tempo da Quaresma nos ajude a dar um sentido evangélico também a este momento de provação". 

(Papa Francisco).

 

 

Pe. Antônio Mendes Freitas

Provincial

Conselheiros:

Pe. Mário Luís Kozik

Pe. Mateus Locatelli

Pe. Francisco Gomes da Silva

Pe. João Batista Gomes de Lima

Mais em Saúde
  •  
  •  
  •