São CamiloIgreja
 
 
 
 

Como trabalhar a animação vocacional na sua paróquia?

04.03.2020 | 3 minutos de leitura
Vocação
Como trabalhar a animação vocacional na sua paróquia?

Tudo se inicia com o discernimento vocacional, que é um processo de conhecimento o qual procura identificar quem preenche os requisitos específicos para uma determinada instituição. Depois, avaliam-se aspectos da realidade pessoal, buscando compreender se a pessoa é, de fato, chamada àquela vocação específica.

Neste processo, permite-se avaliar, além do interesse e da inclinação para aquela determinada vocação, se a pessoa possui também as condições e as virtudes exigidas e, especialmente, a vontade decidida e provada de entregar-se inteiramente ao Senhor, apoiada por sua fé.

A animação vocacional está estreitamente ligada ao discernimento e a esse chamado feito por Deus. Assim como existem pastorais catequéticas, familiares e sacramentais, há o serviço destinado à animação vocacional que, por sua vez, é uma atividade muito importante na vida da comunidade. Sendo assim, ressaltamos alguns tópicos para viver bem este serviço dentro da Igreja.  Continue a leitura e confira!

✓ Despertar o interesse

A primeira função que vem da animação vocacional é o despertar interesse, acolher e mostrar toda assistência necessária para que possa fluir da melhor forma possível este processo de \"entendimento\". Os jovens têm a oportunidade de conhecer as diversas vocações, de modo que a Igreja cumpra a sua missão de cuidar, discernir e acompanhar todo o caminhar.

✓ Promoção vocacional


É uma tarefa de toda a Igreja! Todos os batizados são responsáveis e chamados a promovê-la. A Igreja é a comunidade dos chamados, que toma consciência de ser chamada e que, ao mesmo tempo, deve chamar continuamente. Logo, todos são “chamados para chamar”, por meio da construção de uma cultura vocacional, da oração pelas vocações e, essencialmente, do testemunho de vida. Ter exemplos de outras pessoas que seguiram o seu chamado é extremamente importante para gerar interesse.


✓ Ter um coração inquieto 


Todos são chamados a viver uma vocação e a realizar-se plenamente como pessoa. É importante pensarmos e refletirmos sobre nossa vocação e missão, buscando constantemente atender e entender os chamados e as necessidades de Deus para com nossas atitudes, pois é da nossa natureza termos uma vocação.

✓ Amigos de fé


O ambiente da comunidade é como a nossa casa. Na Igreja, temos acolhimento, proteção e, acima de tudo, Deus pode expressar seu amor e cuidado por nós, por meio do cuidado dos irmãos. A descoberta da vocação é uma fase de descobrimento e de, até certo ponto, indecisão. O apoio dos amigos neste momento é muito importante, assim como as orações pelo vocacionado. Toda a ajuda possível é bem-vinda! 


✓ Ações vocacionais


Explicar sobre as vocações é outro caminho para gerar o interesse nos jovens. Muitos não sabem ao certo o que é uma vocação, nem como segui-la e, muito menos, se está de fato sendo chamado ou não. Falar a respeito das vocações e procurar desmistificar e esclarecer dúvidas é essencial, dialogar sempre será uma ótima opção!

As vocações são o chamado de Deus em nossa vida onde, sem um direcionamento e auxílio, este pode ser "negado" sem perceber. Então, se faz muito necessária a existência de uma animação vocacional, para que todos possam, ao decorrer do tempo, descobrir sua missão e aceitar trilhá-la com Jesus!

E aí, você, jovem, já descobriu sua vocação? Conte conosco para buscá-la!

Mais em Vocação
  •  
  •