São CamiloVocação
 
 
 
 

Mês Vocacional: dicas para viver a sua vocação

05.08.2020 | 4 minutos de leitura
Vocação
Mês Vocacional: dicas para viver a sua vocação

Do latim ‘vocare’, a palavra vocação diz respeito ao chamado, ao ato de receber e de se dispor para uma missão. Muito antes do nascimento, Deus já tem traçado para cada um de nós, um plano de amor, uma vocação pela qual fará toda a nossa existência ganhar um sentido especial.

Com o objetivo de conscientizar as comunidades da Igreja acerca de suas responsabilidades no processo de discernimento vocacional, desde 1981, instituído pela Conferência Nacional dos Bispos do Brasil (CNBB), todo ano, sempre em agosto, celebra-se no Brasil o Mês Vocacional.

Como forma de celebrar a edição de 2020, elencamos algumas dicas importantes para quem ainda está em busca de descobrir e viver a sua vocação. Acompanhe a seguir!

Fale com Deus em oração
 
Todos sabem da importância da oração, seja ela feita para nós mesmos ou por intenção dos que necessitam da nossa ajuda espiritual.  O processo de discernimento vocacional é um dos momentos em que mais precisamos dela.

Deus nos criou e colocou em nosso coração aptidões e talentos. Pedir a Ele que mostre o caminho que se deve seguir, seja rezar, ler a Palavra de Deus,  rogar que seja feita a vontade Dele, faz parte dessa escuta ao Seu chamado.

Elenque suas habilidades e talentos
 
Para enxergar qual a sua vocação, é importante interpretar o que se gosta e o que se sabe fazer. Observe, faça reflexões, busque na memória momentos e situações em que você soube dominar com propriedade uma tarefa ou foi elogiado pela qualidade de alguma coisa que fez. 

Pode ser do tempo de colegial, inclusive. Somar suas habilidades e talentos te ajudarão a discernir sobre os possíveis serviços os quais você se sentiria feliz e realizado em exercer.

Participe de atividades vocacionais
 
Palestras, retiros e eventos da sua comunidade são ótimas oportunidades para fortalecer esse processo de discernimento. Na maioria deles, você irá encontrar orientadores vocacionais, além de muitos momentos de oração e de lazer que lhe farão abrir os olhos para conhecer melhor seu carisma.

Esteja informado sobre o calendário das paróquias perto da sua casa e não hesite em participar. Aproveite essas atividades para perceber como se sente quando está mais próximo de determinada congregação e serviços da comunidade. Os sinais que Deus nos envia podem ser bem sutis, então, fique sempre atento!

Procure aconselhamento  vocacional
 
Contar com auxílio  de alguém que viva verdadeiramente sua vocação pode fazer toda a diferença no seu processo de discernimento. Contar com esse suporte de um padre, uma religiosa ou até mesmo um leigo pai ou mãe de família pode ser de grande valia, já que eles possuem experiência e mecanismos que podem ajudar no seu processo vocacional.

Se há um desejo de seguir a vida religiosa, por exemplo, o principal a se observar é se, de fato, há   aptidão para viver  os conselhos evangélicos, isto é, os votos de pobreza, castidade e obediência. Caso o amor a Deus e o chamado a servi-Lo seja mais forte do que o sonho de constituir uma família, então, faça essa decisão sem medo, sempre contando com o amparo do Espírito Santo na sua escolha. 
 
Seja ela religiosa ou leiga, descobrir uma vocação é o mesmo que descobrir qual a sua missão na vida. Que possamos estar iluminados pela graça divina para que ela nos oriente e, enfim, estejamos prontos para acolher o propósito que Deus nos promete desde antes da nossa existência!

Para quem está em dúvida sobre qual é a sua vocação, sugerimos um infográfico exclusivo da  Ordem Camiliana. Clique aqui e baixe gratuitamente! 

Mais em Vocação
  •  
  •