São CamiloVocação
 
 
 
 

Como me tornar um Camiliano?

02.08.2021 | 5 minutos de leitura
Província
Como me tornar um Camiliano?

A Ordem dos Ministros dos Enfermos surgiu de uma "Companhia" de homens de boa-vontade em 1582, a partir da inspiração de São Camilo de Lellis. Foi ele que sentiu um chamado de Deus a olhar com misericórdia e compaixão em especial para os enfermos, vendo Cristo no irmão que mais precisa e tendo o olhar de Cristo, de compaixão, para com ele. Posteriormente, em 1591, é que a Companhia foi elevada ao grau de Ordem Religiosa.

Para lhe ajudar, preparamos algumas dicas de como se tornar um camiliano. Venha mergulhar no nosso carisma e beber mais dessa fonte de vocação ao serviço e à doação por aqueles que mais necessitam do nosso amor e da nossa caridade, como nos ensinou São Camilo. 


#Ter o carisma Camiliano 

Viver o carisma de uma Ordem ou Instituição Religiosa significa viver uma maneira específica de ser cristão, de colocar em prática o evangelho de Cristo. Afinal, um carisma nada mais é do que uma tradução do evangelho, uma maneira própria de viver os ensinamentos de Jesus. 

O carisma Camiliano vem das obras de misericórdia para com os enfermos, assumindo os serviços do mundo da saúde. Dessa forma, nos colocamos a serviço da pessoa do doente na globalidade do seu ser, prestando-lhe os cuidados necessários segundo suas necessidades e nossas capacidades e competências. 

“Cuidar do Cristo que sofre na pessoa do doente” São Camilo.

Existem diferentes maneiras de viver o carisma camiliano, por meio das várias obras ao redor do mundo. Uma delas é sendo um irmão ou um padre camiliano, doando a vida integralmente ao carisma e à missão deixadas por Cristo na pessoa de São Camilo. Outra maneira é sendo um leigo, vivendo o nosso carisma dentro dos afazeres e responsabilidades da vida cotidiana. 


#Espiritualidade Camiliana 


Em São Camilo, Deus inspira as pessoas a serem como o Bom Samaritano. Nele, a humanidade doente, ferida e perdida se encontra com a graça, saúde e salvação divinas. 

“Ser camiliano é se propor a cada dia seguir Cristo, bom samaritano, no cuidado com os enfermos” Padre Aécio Honorato da Silva.

Leia mais: 



#Solidariedade

Ter como missão colocar Jesus Cristo como centro da evangelização, inspirados no carisma de São Camilo de Lellis, auxiliando em necessidades relacionadas à saúde, pobreza, enfermidades e sofrimentos, participando e buscando uma sociedade justa e solidária a serviço da vida, como um sinal do Reino de Deus. 

Ser camiliano é assumir uma vocação para toda a vida, se dedicando ao serviço dos doentes, vendo neles a face de Cristo e sendo a face de Cristo para eles, por meio dos ensinamentos de Jesus Cristo e de São Camilo.

# Caminho Vocacional 


Se você sente no coração o desejo de trilhar conosco um caminho de descobertas e de aproximação ainda mais intensa, recomendamos percorrer algumas etapas que irão lhe conduzir a um autoconhecimento e amadurecimento da sua fé e da sua entrega a Deus. 

Esse caminho tem seu início com o período de animação e acompanhamento vocacional. Nesta etapa, o candidato é conduzido pelo Serviço de Animação Vocacional Camiliano ( SAV) a fazer uma experiência de aproximação e conhecimento maior dos Camilianos.

Após essa primeira etapa, o vocacionado segue para o aspirantado, fazendo o seu ingresso no seminário. Nesta etapa, o discernimento vocacional continua, porém, de uma forma muito mais estreita. 

A terceira etapa do caminho vocacional camiliano é o postulantado, quando são realizados os estudos filosóficos, a formação religiosa, além da experiência missionária. Após essa etapa, tem início o noviciado, fase muito importante, em que os noviços se dedicam à vida de oração e a um mergulho ainda mais profundo no carisma camiliano. 

 Ao final do noviciado, acontece a profissão temporária dos votos de castidade, pobreza, obediência e assistência aos enfermos.

A quinta etapa é o juniorado, momento em que os religiosos de votos temporários cursam teologia. Após essa etapa, acontece a profissão perpétua dos votos e abertura de dois caminhos. Para quem decide continuar como irmão, encerra-se a formação inicial. Já aqueles que se decidem pela vocação sacerdotal, continuam as etapas preparatórias para as ordens diaconal e presbiteral. 

Contudo, a formação de um Camiliano não se encerra nunca, uma vez que, mesmo depois de todas as etapas, cada irmão ou padre Camiliano é chamado a continuar sempre em constante crescimento e configuração a Cristo. Esse período é chamado de formação permanente.



E aí, gostou de conhecer um pouco mais como se tornar um camiliano? Entre em contato conosco, conheça mais sobre a nossa missão e faça uma experiência vocacional! 

Se você deseja conhecer ainda mais o caminho vocacional dos Camilianos, confira um material que preparamos especialmente para você. Trata-se de um infográfico com detalhes sobre as diversas etapas de nosso caminho vocacional. Confira aqui!

Mais em Província
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •